24 de dez de 2013

CINECLUBE FECHANDO 2013


O Cineclube Notívagos Burlescos encerra as atividades do Ponto de Cultura Espaço dos Notívagos com a exibição da série "O teatro segundo Antunes Filho", série documental sobre a trajetória de um dos mais importantes diretores de teatro do Brasil. A série será exibida em três dias, 27, 28 e 29 de dezembro, sempre às 20 horas e com entrada franca. Cada dia de exibição contará com dois episódios da série, seguidos do tradicional debate a cerca da obra. O evento conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Botucatu e do Ministério da Cultura através do programa Cultura Viva.


A SÉRIE

Nos seis episódios de "O teatro segundo Antunes Filho" temos um passeio sobre as cinco décadas de trabalho que José Alves Antunes Filho percorreu até chegar aos conceitos de interpretação que emprega hoje, aos 71 anos, no Centro de Pesquisa Teatral (CPT) e em espetáculos como Medéia e Prêt-à-Porter 4, atualmente em cartaz. 

O documentário surgiu de uma idéia inicial do sonoplasta Raul Teixeira, que trabalha com Antunes por muitos anos. Decidido a eternizar os exercícios e a forma de concepção do diretor, Teixeira registrou os ensaios em vídeo, mesmo contrariando, em alguns momentos, o próprio Antunes. "Ele colecionou um material valiosíssimo, mas infelizmente sem qualidade técnica para ser utilizado no documentário", comenta Amílcar M. Claro, diretor do projeto, que, inicialmente, previa a realização de um longa-metragem. "Não conseguimos, porém, captar os recursos necessários." 

O projeto viabilizou com a entrada da STV, que aceitou o formato de minissérie. A captação ocorreu entre junho e dezembro de 2001, quando a equipe gravou entrevistas com Antunes durante dois dias inteiros, além de registrar o trabalho no CPT. A maioria das imagens de arquivo foi conseguida na coleção particular de Antunes e as cenas das peças foram cedidas pelo Sesc. "Eles mantêm gravado todo o trabalho realizado no Teatro Anchieta", conta Amílcar. 

Irascível em alguns momentos, carinhoso em outros, Antunes comenta a própria história, desde o nascimento em São Paulo, filho de pais portugueses, passando pela descoberta do cinema ("Joana d´Arc, do Dreyer, me fez chorar, tamanha a força da imagem") até iniciar no teatro, em 1949, no Centro Acadêmico Horácio Berlinck. A entrevista é conduzida por Sebastião Milaré, crítico de teatro e autor de Antunes Filho e 
a Dimensão Utópica, uma análise bem acurada do método do diretor. "Foi graças à cumplicidade existente entre ambos que conseguimos momentos emocionantes", comenta Amílcar. 

Antunes relembra, por exemplo, sua passagem pelo Teatro Brasileiro de Comédia (TBC), na década de 50, quando trabalhou com Ziembinski, Ruggero Jacobbi e Luciano Salce, entre outros, e também a estréia como diretor profissional, montando Week End, de Nöel Coward, em 1951. As lembranças de Antunes são complementadas por depoimentos de atores e técnicos que participaram daqueles momentos, como Eva Vilma, Laura Cardoso, Raul Cortez, J.C. Serroni, Cacá Carvalho, Lígia Cortez, Marlene Fortuna e Giulia Gam até chegar aos atuais parceiros, como os atores Juliana Galdino e Emerson Danesi. 

Sinopses dos episódios e os dias em que serão exibidos:


DIA 27, SEXTA-FEIRA, 20HS

01 – AS ORIGENS DE UM ARTISTA (53 min.)
Nascido 1929 no bairro do Bexiga, em São Paulo, Antunes Filho era um menino irrequieto, briguento e vivia sempre metido em confusões. Ele mesmo narra esse período, até o momento em que foi trabalhar na prefeitura e conheceu Osmar Rodrigues Cruz, que dirigia um grupo amador, onde Antunes teve sua primeira experiência no palco, como ator. O depoimento de Antunes, permeado de imagens da época e de atores em exercício no Centro de Pesquisa Teatral, o CPT, com intervenções de Osmar Rodrigues Cruz, Eva Wilma, Raul Cortez e Laura Cardoso, reconstitui sua trajetória nos primeiros tempos. As influências do cinema, o ingresso na recém-inaugurada televisão, tornando-se um dois primeiros diretores de teleteatros no país, o estágio como assistente de direção no TBC, trabalhando com Ziembinski e os famosos encenadores italianos. O programa enfoca o início da carreira profissional e os primeiros sucessos de Antunes no teatro, registrados ainda nos anos 50, com o Pequeno Teatro de Comédia.

02 – A DÉCADA DAS TRANSGRESSÕES (53 min.)
Em 1960, voltando da sua primeira viagem à Europa, onde conheceu o teatro de Bertolt Brecht com As Feiticeiras de Salém, Antunes começa a contestar o realismo que imperava em nosso teatro. Ele cria uma série de espetáculos, pesquisando novas linguagens, culminando o seu mergulho nas essencialidades do teatro com Vereda da Salvação, em 1964, e A Falecida, ano seguinte. Apesar da situação inóspita estabelecida pela ditadura militar, Antunes desenvolve pesquisas baseadas na arte do ator, encerrando o período com extraordinária montagem de Peer Gynt, em que discute a alienação. As atividades nos anos 60 são narradas por Antunes, com imagens da época e intervenções dos atores Raul Cortez, Eva Wilma, Laura Cardoso e dos críticos Alberto Guzik e Sebastião Milaré.


DIA 28, SÁBADO, 20HS

03 – DESAFIOS DE UM TEMPO DURO (52 min.)
Sentindo-se vítima de patrulhas ideológicas, Antunes realiza espetáculos comerciais, deixando de lado suas pesquisas estéticas no teatro. Porém, as desenvolve no cinema e na televisão. Realiza um filme vigoroso, abordando o preconceito racial e, na TV Cultura, trabalha sobre obras de autores brasileiros, constituindo brilhante linguagem de vídeo. Em 1976, percebendo os novos ventos da situação política, que indicam abertura democrática, inicia um processo que o tornará nome importante no teatro internacional, elaborando a versão cênica de Macunaíma. Entre imagens fotográficas, documentários e cenas de obras realizadas, Antunes fala dos desafios desse período com intervenções dos atores Raul Cortez, Eva Wilma, Cacá Carvalho, Walter Portela e do crítico Sebastião Milaré.

04 – MESTRES E DISCÍPULOS (54 min.)
Paralelamente às viagens de Macunaíma pelo mundo, avançam as pesquisas estéticas de Antunes com os atores. Em 1982, o Grupo é acolhido pelo Sesc São Paulo, que institui na unidade Consolação, o CPT – Centro de Pesquisa Teatral. O processo se amplia com a introdução da psicologia analítica, do taoísmo e, mais tarde, da nova física. Tem início a pesquisa sistemática de novo método para o ator e, desse trabalho, vão surgindo espetáculos vigorosos, inovadores e de grande beleza que viajam por dezenas de países e consolidam o prestígio de Antunes entre os mais importantes mestres do teatro contemporâneo. O processo é comentado por Antunes, com intervenções dos atores Marlene Fortuna, Luis Melo, Lígia Cortez, Rita Martins, Giulia Gam, Geraldo Mário e Raul Cortez, pela pesquisadora norte-americana Campbell Britton e pelo Diretor Regional do Sesc São Paulo, Danilo Santos de Miranda.


DIA 29, DOMINGO, 20HS

05 – A POÉTICA DO MAL (52 min.)
A montagem de Paraíso, Zona Norte, em 1989, revela a complexidade do sistema criativo implementado no CPT – Centro de Pesquisa Teatral envolvendo não apenas o ator, mas também cenógrafos, iluminadores e sonoplastas. A abordagem filosófica desse espetáculo e dos seguintes (Nova Velha Estória, Trono de Sangue, Vereda da Salvação, Gilgamesh, Drácula e Outros Vampiros e Fragmentos Troianos) é exposta por Antunes Filho, abordando as reflexões sociais, éticas e metafísicas que o motivaram à criação. Os meios interpretativos desenvolvidos são comentados pelos atores Luis Melo, Rita Martins, Marlene Fortuna, Laura Cardoso, pelo cenógrafo J. C. Serroni, pelo design sonoro Raul Teixeira, com depoimento da pesquisadora Campbell Britton e comentários do Diretor Regional do SESC SP, Danilo Santos de Miranda.

06 – O MÉTODO (53 min.)
O método desenvolvido para o ator no CPT – Centro de Pesquisa Teatral é apresentado por Antunes Filho e seus atores. Exercícios como Caminhada, Loucura, Funâmbulo e Blues são demonstrados e Antunes explica as conclusões de suas pesquisas, no sentido de que corpo e voz constituem uma unidade. Como trabalhar essa unidade é o fundamento dos exercícios. Cenas de Prêt-à-Porter e Medéia ilustram resultados concretos do sistema, que não se reduz aos exercícios, mas envolve toda a ideologia do Centro de Pesquisa Teatral. O Método é descrito pelos atores Juliana Galdino e Emerson Danesi. Intervenções de Giulia Gam, Luis Melo, Laura Cardoso, Raul Cortez e Marlene Fortuna.

20 de dez de 2013

ATIVAR, BANDO E BRASIL



Neste sábado as oficinas do segundo semestre realizadas no Ponto de Cultura Espaço dos Notívagos concluem suas atividades com a apresentação da mostra de cenas "Notívagos Burlescos: Ativar!!!". Participam da apresentação os alunos da Oficina de Iniciação Teatral, ministrada por Vinícius Gil entre Agosto e Dezembro no Ponto de Cultura.



"Notívagos Burlescos: Ativar!!!" é uma mostra de cenas que desde 2007 realizamos no final de todo semestre. A atração principal do evento são as cenas de participantes da Oficina de Iniciação, mas sempre que possível outras oficinas também acabam participando, ou até mesmo cenas convidadas. Esta edição traz dois fatos inéditos. Será a primeira vez que teremos no palco apenas cenas da Oficina de Iniciação e será a primeira vez que não realizaremos a mostra no Teatro Municipal Camillo Fernandez Dinucci. Em função da suspensão das atividades do teatro, graças ao incêndio ocorrido recentemente, neste fim de ano encerraremos nossas atividades no palco do Teatro Gino Carbonari. Devo confessar que não foi de todo mal essa mudança de última hora. Já fazia um bom tempo que não nos apresentávamos no Gino Carbonari e poderemos quebrar esse jejum. Nossa outra apresentação deste mês, A Tempestade, foi transferida pelo mesmo motivo para o Mirante das Artes e foi show de bola.

O "Ativar!!!" encerra as atividades teatrais, mas as férias não estarão decretadas...



Domingo tem a última e derradeira apresentação ano de 2013 do Bando Musical Notívagos Burlescos lá no Bem Dito a partir das 18 horas.



Segunda, dia 23, às 20hs30min, o Cineclube Notívagos Burlescos retoma suas atividades com a exibição do curta Brasil, dirigido pelo nosso queridíssimo João Alves e com vários Notívagos no elenco.

O cineclube também terá o último final de semana do ano dedicado a Antunes Filho, com a exibição da série "O Teatro segundo Antunes Filho". Horários a serem confirmados na próxima semana.

12 de dez de 2013

A TEMPESTADE



Concluída em 1613, A Tempestade é a última peça do dramaturgo inglês William Shakespeare e por muitos considerada sua obra-prima. Adotando uma estrutura bem diferente de seus outros trabalhos, comédias e tragédias, o texto conta a história da redenção de Próspero, Duque de Milão e um mago de amplos poderes. Isolado em uma ilha selvagem com a filha Miranda após uma traição política, finalmente tem a oportunidade de colocar em prática sua vingança. Com uma tempestade criada com seus poderes, Próspero traz para sua ilha o navio com seu irmão usurpador, o rei de Nápoles, seu filho e outros nobres. Não para que morram, mas para que haja um acerto de contas. Além da trama de intriga e conspirações, a peça mostra o romance inesperado entre o príncipe de Nápoles com Miranda e as peripécias do trio Caliban, servo de Próspero, Trínculo, o bobo da corte, e Estéfano, o despenseiro bêbado que salvou do naufrágio todo o vinho do navio.
A montagem do espetáculo é fruto do trabalho do Núcleo 7 de Investigação Cênica, o núcleo de estagiários do Ponto de Cultura Espaço dos Notívagos. Todos integrantes  do núcleo são estudantes de artes cênicas, seis deles do curso técnico em Arte Dramática do SENAC Botucatu, um do Curso Superior de Artes Cênicas da USC de Bauru e um do Curso Livre de Dramaturgia da Escola Livre de Teatro de Santo André. Desde o início do ano o núcleo participou de diversos eventos em Botucatu com cenas e intervenções, chegando inclusive a se apresentar na TEIA SP 2013, o III Fórum Paulista de Pontos de Cultura, realizado em São Paulo em agosto. Recentemente o núcleo teve seu projeto ARQUEPEÇAS selecionado pelo edital de Apoio a Projetos de Primeiras Obras de Produção de Espetáculo e Temporada de Teatro da Secretaria do Estado da Cultura.
A peça A Tempestade tem o apoio cultural de Botuvel, Copaíba, Dolex instalações comerciais, Fooddog, Gibiteria e Sebo Avalon, Hobby moda feminina, The Make- Up Club, ótica Robberto, Panificador e Açougue do Beto, Pedrinho materiais para construção, Solutudo, Stdio de Dança Cynthia Denadai e Viva Hair Boutique. O trabalho desenvolvido pelo Núcleo 7 no Ponto de Cultura Espaço dos Notívagos conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Botucatu e do Ministério da Cultura através do Programa Cultura Viva.
Direção – Rodrigo Ribeiro
Trilha Sonora Original – Henrique Rabadan
Adaptação - Johnny Faustino e Rodrigo Ribeiro 
Atores criadores – Barbara Helena, Daiane Rodrigues, Johnny Faustino, José Vitor Vasconcelos, Marcelo Somerhalder e Pietro Almeida.
Figurino: Vinícius Gil e Núcleo Sete
Maquiagem – Vinícius Gil
Cenografia – Núcleo 7
Coordenação Geral – Robert Coelho

A TEMPESTADE
15 de dezembro, 20hs 
Mirante das Artes 
Major Matheus, 249 - 2. Andar
Ingressos R$10,00 / Meia R$5,00


2 de set de 2013

II BURLESQUIANAS




O Ponto de Cultura Espaço dos Notívagos realiza entre os dias 11 e 15 de setembro a II Burlesquianas Mostra de Teatro. Ao todo serão seis peças de teatro convidadas sendo que a maioria delas conta com a participação de pessoas que fizeram, fazem ou sempre farão parte dos Notívagos Burlescos e estão fora de Botucatu trabalhando e estudando teatro. O evento conta com o apoio da Pizzaria Semião, da Secretaria de Cultura, da Prefeitura Municipal e do Ministério da Cultura através do Programa Cultura Viva.

Nesta segunda edição a mostra traz uma novidade que se ajusta aos bolsos de todos os públicos. O valor do ingresso é o espectador que decide. Pague o quanto puder! Todas as apresentações acontecem no Teatro Municipal Camillo Fernandez Dinucci, com exceção da primeira apresentação, “Os sete batizados de Pedro Malazartes”, que será apresentada na praça do Bosque. Confira a programação:




11 de setembro, 17hs
OS SETE BATIZADOS DE PEDRO MALAZARTES
Grupo Mondó de Bauru
Dizem que os fins justificam os meios... Bom, nesse Espetáculo o “começo” justifica, em muito, os fins. Desde muito pequeno o nosso herói Malazartes, já tinha talento para aprontar artes. A idéia de seus pais, depois de um ano de nascimento do bebê era apenas levá-lo à igreja e realizar seu batizado. Uma tarefa simples para uma família “comum”, o que definitivamente não é o caso desta família. Vocês acreditam que os pais esqueceram o Pedrinho no dia do próprio batizado? Se o dia desses trapalhões começa assim, imaginem só o que vem pela frente. Em “Os Sete Batizados de Pedro Malazartes”, duas contadoras de histórias, através de objetos do cotidiano, e nos “conformes do bom caipirês”, ilustram esse feito inédito, uma criança que é batizada sete vezes num único dia. E é passando por chuva, vinho, tinta, melado, lama e água morninha que Malazartes consegue concluir a saga de seu batizado.
Com Bruna Machado e Bruna Moscatelli




11 de setembro, 20h30min
HISTÓRIAS LÁ DA SERRA
Grupo Anônimos da Arte de Botucatu
A peça conta causos e situações de uma comunidade caipira, na trajetória de toda uma vida, desde a infância até a velhice. A partir disso construindo e desconstruindo, fomos tomando um rumo até o triangulo amoroso dos personagens Tereza, João e Ana que foram a base para mostrar vários outros assuntos como e evolução dos grandes centros, o respeito às diversidades, o amor, o abandono de idosos, as amizades verdadeiras, a importância da família, o folclore regional, a reflexão sobre o tempo, etc.
Com Pedro Cesar,Cinthia Rosso, Jonas Delgado, Jéssica Vidotto, Renan Felix, Mayara Bongiovani, Gabriela Oliveira, Raquel Vaz, Milena Simonétti, Ana Laura Burin, Priscila Rosso, Ronaldo Fogaça, Larissa Salles, Lohane Andrini e Danilo Batista. Direção de Sandra Mezenna.



12 de setembro, 20h30mi
UMA JORNADA DE JOÃO E MARIA
Cia Nóis na Mala de São Paulo
Espetáculo teatral de forma épica que pretende discutir a fome, as contradições brasileiras e ainda trazer à tona arquétipos como a família, o masculino e o feminino. A dramaturgia é coletiva e construída a partir do conto "João e Maria", dos irmãos Grimm. Duas crianças de uma pequena vila do sertão, João e Maria, um dia ouvem uma conversa dos pais acerca do que deveriam fazer diante da falta de comida. A escolha dos pais em abandonar as crianças, na esperança de que tivessem uma melhor sorte em outro lar, leva João e Maria a entrarem em uma jornada cheia de desafios, inimigos e aliados, que os obrigará a fazerem suas próprias escolhas.
            Com Bruno Cordeiro, Danilo Minharro, Carol Tieghi, Priscila Schimit e Ravi Landim, músico-ator. Figurinos de Heidi Monezzi. Direção de Bruno Cordeiro e João Alves.



13 de setembro, 20h30min
AMÉM
Cia Teatral Um e Outro de Araçatuba
Alguém tem procuração para fiscalizar e julgar a vida alheia? Por que ainda se mata em nome de Deus? Será que somos programados para dizer amém? Esses questionamentos gotejam no universo da personagem Clara, uma garota que, criada por um padrasto fundamentalista, viu sua família “azedar”. É careca, tatuada, usa maquiagem escura (de gata) e figurino fashion em tons neutros que deixa seus seios inexpressivos à mostra. Uma aparência pouco provável para quem se apresenta como fundadora de uma nova igreja. Clara abusa do humor crítico, irônico e ácido em sua “pregação”.
Com Laerte Silva Junior. Direção de Laerte Silva Junior e Alexandre Melinsky. Operação de som e projeções: Anselmo Ricardo Silva



14 de setembro, 20h30min
PLACEBO
Companhia Rizomática de São Paulo
            Num mundo devastado, dois seres buscam, através de sua relação, dar sentido à realidade. Envoltos num jogo mútuo de enganação, fecham os olhos para aquilo que mais temem. Mas o que irão optar quando for necessário escolher entre uma mentira reconfortante ou uma cruel realidade?
            Com Gustavo Vieira dos Santos e Juliana Spadot. Texto e direção de Bruno Carboni. Assistência de direção de Regi Ramone. Maquiagem, figurino e cenografia de Simone Kiomi. Sonoplastia de Jomo Faustino. Iluminação de Flávio Morbach Portella e Igor Sully.



15 de setembro, 19hs
ÁRVORE NO DESERTO
Cia Ponte pra Lua de Campinas.
Uma grande cidade, cinza. Controle, manipulação, preconceito e opressão. Seis pessoas como tantas outras, vivendo seus sonhos, desejos, vontades e ações. Seus encontros nas ruas, no crime, e no trabalho. A vida na cidade é abordada na peça que incorpora à linguagem teatral elementos do circo, da dança e da música. A peça retrata a relação dos personagens com diferentes situações em seu cotidiano. A coragem, a liberdade, os relacionamentos são alguns dos temas abordados, de maneira a refletir acerca de acontecimentos comuns ao ser humano.
Com Gabriel Coelho, Ivan Gomes, Katia Moreira, Kuarahy Fellipe, Mimi Tortorella, Murilo Dias e Zuza Bergamasco. Direção Musical e Composições de Murilo Dias. Produção Visual de Aiuri Ribeiro. Preparação Corporal de Zuza Bergamasco. Direção de Kuarahy Fellipe. Espetáculo baseado nos textos de Javier Saez, Lourenço Mutarelli, Harold Pinter, Luís Fonseca, Bertold Brecht e Platão.



31 de jul de 2013

COMEÇANDO O SEMESTRE



Pelo calendário dá pra ver que julho não foi de férias aqui no Ponto de Cultura Espaço dos Notívagos. Muitos ensaios para a apresentação que abre nossas atividades do segundo semestre: Uma Cena, uma canção.




Todo início de semestre realizamos o Notívagos em Cena. A maioria das cenas é criada especialmente para a mostra, mas a apresentação costuma contar também com fragmentos de processos de criação. Como foi o caso da cena "Soldados", apresentada no ano passado e que logo depois participou de festivais de cenas curtas em Bauru, Araçatuba e Santos recebendo diversos prêmios.

A ideia de fazer um Notívagos em Cena diferente surgiu no meio desse primeiro semestre, quando conversávamos sobre dar uma cara nova para a apresentação e que de alguma maneira pudesse ampliar o nosso público, trazendo pro teatro pessoas que ainda não conhecem nosso trabalho. Primeiro pensamos em ligar todas as cenas através de um tema comum. Em seguida surgiu a proposta de que as cenas fossem inspiradas em músicas, o que agradou a maioria. O trabalho do grupo sempre esteve muito ligado à música, tanto que até uma banda nasceu da criação das trilhas para os espetáculos.

O Bando Musical Notívagos Burlescos, aliás, também estará no palco executando as trilhas das cenas ao vivo e tocando algumas de suas canções. O elenco das cenas será formado por participantes das oficinas do Espaço dos Notívagos, coordenadores das atividades e também por alguns Notívagos que estão estudando em outras cidades.

OFICINAS
A semana seguinte também é agitada para os Notívagos Burlescos. Além de apresentar a performance “CelularÉs no encontro de Pontos de Cultura em São Paulo, a Teia SP 2013, e apresentar a peça “Colégio dos Anjos” em Muriaé em Minas Gerais, também têm início o ciclo de oficinas do segundo semestre. Os interessados em começar a fazer teatro ou em desvendar os mistérios da trilha sonora e da produção de vídeos, podem fazer suas inscrições pelo e-mail notivagosburlescos@yahoo.com.br.  As atividades do Ponto de Cultura Espaço dos Notívagos contam com o apoio da Prefeitura Municipal de Botucatu e do Ministério da Cultura através do programa Cultura Viva.

3 de jul de 2013

ESPAÇO DOS NOTÍVAGOS ABRE INSCRIÇÕES PARA OFICINAS



O Ponto de Cultura Espaço dos Notívagos abre inscrições para as oficinas do segundo semestre de 2013. As atividades contam com o apoio da Prefeitura Municipal de Botucatu e do Ministério da Cultura através do programa Cultura Viva.


OFICINA DE INICIAÇÃO TEATRAL
Oficina de introdução à linguagem teatral que busca desenvolver a criatividade e a intuição dos participantes no jogo cênico, liberando o gesto, a fala e a expressividade do corpo como emissor e receptor de mensagens.
Coordenador: Vinícius Gil
Quartas, das 19h às 22h
Início: 07 de agosto

OFICINA DE INTERPRETAÇÃO
Uma introdução às técnicas de interpretação, leitura e interpretação do texto dramático para a criação de personagens. É necessário ter alguma experiência teatral prévia ou ter participado da Oficina de Iniciação Teatral anteriormente.
Coordenador: Gustavo Faria.
Segundas, das 19h às 22h
Início: 05 de agosto

NÚCLEO DE IMPROVISO
Exercício de criação e encenação através de técnicas de improviso e desenvolvimento de cenas e sketches. É necessário ter alguma experiência teatral prévia ou ter participado da Oficina de Iniciação Teatral anteriormente.
Coordenador: Erick de Barros
Sábados, das 14h às 17h
Início: 17 de agosto

NÚCLEO DE MONTAGEM
No núcleo os participantes poderão vivenciar a montagem de um espetáculo teatral, desde o estudo do texto até a apresentação do resultado do processo. É necessário ter experiência teatral prévia ou ter participado da Oficina de Interpretação anteriormente.
Coordenadores: Robert Coelho e Erick de Barros
Quintas, das 19h às 22h.
Início: 08 de agosto

NÚCLEO DE AUDIOVISUAL
Núcleo de estudo da linguagem audiovisual e de técnicas de criação de roteiro. As atividades incluem a criação de curtas e experimentações do uso do audiovisual com a linguagem cênica.
Coordenador: Robert Coelho
Quintas, das 19h às 22h.
Início: 06 de agosto

NÚCLEO DE TRILHA SONORA E SONOPLASTIA
Núcleo de estudo e criação de trilha sonora e sonoplastia para espetáculos teatrais e audiovisual. Durante os encontros os participantes conhecerão fundamentos da produção e execução de músicas, efeitos e ambiências sonoras.
Coordenador: Henrique Rabadan.
Quinzenalmente, as Terças, das 15h às 18h.
Início: 13 de agosto

NÚCLEO DE PRÁTICA MUSICAL
Núcleo de estudo e pesquisa indicado para músicos e cantores interessados em colocar em prática idéias e habilidades técnicas musicais em conjunto. As atividades do grupo incluem práticas de criação e improvisação musicais e a execução de trilhas sonoras para teatro e vídeo.
Coordenador: Henrique Rabadan.
Quinzenalmente, as Terças, das 19h às 22h.
Início: 13 de agosto


- Todas as oficinas e núcleos possuem carga horária de 48 horas e serão realizadas entre os meses de agosto e novembro.

- As oficinas serão realizadas no Espaço dos Notívagos, localizado na Rua Carvalho de Barros, 99. (antiga EMEI do Bairro da Boa Vista, ao lado do Convento Servas do Senhor.).

- A Oficina de Iniciação Teatral, o Núcleo de Trilha Sonora e o Núcleo de Prática Musical são gratuitos e abertos para a comunidade. Para participar das outras atividades é necessário ser associado e contribuir com uma mensalidade de 20 Reais, independente do número de atividades que participe.

- Para participar da Oficina de Interpretação e do Núcleo de Improviso é necessário ter experiência teatral prévia. Entende-se como experiência teatral prévia a vivência da prática teatral tendo como resultado apresentação de espetáculo.

- Para participar das atividades é necessária a idade mínima de 14 anos.

- A ficha de inscrição deve ser solicitada pelo e-mail notivagosburlescos@yahoo.com.br, preenchida e enviada para o mesmo e-mail.


- As inscrições se encerram no dia 02 de agosto.

20 de jun de 2013

SOLDADOS EM SANTOS E ATIVAR EM BOTUCATU


No domingo, dia 23 de junho, a partir das 19 horas lá no Teatro Municipal Brás Cubas, a dupla Rodrigo Ribeiro e Murilo Andrade apresentará a cena "Soldados" no XVII FESCETE, Festival de Cenas Teatrais de Santos. A última apresentação da cena foi no CENATA de Araçatuba, onde levou terceiro lugar do juri técnico e segundo lugar do juri popular.




E no dia 29 rola mais um encerramento de oficinas do Ponto de Cultura Espaço dos Notívagos com a Mostra de cenas "Notívagos Burlescos: Ativar!!!". Nesta edição além das tradicionais cenas da Oficina de Iniciação Teatral teremos uma cena/performance do Núcleo 7, uma cena do Ponto para Lua, grupo  de Barão Geraldo do qual nossa querida Mimi Tortorella faz parte e a estréia do curta "Para Safo" do Núcleo de Audiovisual Notívagos Burlescos.



27 de abr de 2013

Caleidoscópio e Festival de Cenas de São Manuel




Neste domingo tem Caleidoscópio! E o Núcleo Sete da Associação Teatral Notívagos Burlescos estará por lá, às 13h20min, para apresentar a cena "La Fontê".

O que é o Caleidoscópio? É uma feira/mostra/festival/encontro de artistas e artesãos de Botucatu organizado pela Maria Amália Ramos e pela Cristina Brant e que acontece lá no Sítio Beira Serra. Além de apresentações e performances, também rolam barracas de artesanatos e de comidinhas deliciosas. Ao longo do dia tem músicas com Rubens Brito, Alê Moreira, Cláudio e Banda, Jayson, e roda de samba com  “No pé da Criola” e “ Bendito Samba”. Também tem meditação, oficina de música, oficina de caleidoscópio, troca de livros, origami, customização de papel, poesias farfalhantes e até xadrez gigante! Quem quiser pode trazer um lanche e toalha para picnic, ou então experimentar as delícias preparadas com aquele capricho: sanduiches, pizza, pastel, acarajé, tapioca e coxinha.



O Caleidoscópio acontece das 10 às 18h no Sítio Beira Serra que fica na Rodovia Alcides Soares, Km 2,5 (Na estrada que vai para Vitoriana, antes de chegar na sentrada dop Lageado.).  Ingresso R$3,00







































Infelizmente não poderemos ficar para jogar xadrez gigante, porque logo após a apresentação  seguimos para São Manuel paa mais uma apresentação da mesma cena. Desta vez no 1º Festival de Cenas Curtas de São Manuel realizado pelo Projeto SambaVida. "La Fontê" se apresenta como cena convidada e "Soldados", de Rodrigo Ribeiro e Murilo Andrade, se apresenta como concorrente.

O Festival começa às 16 horas no Cine Teatro São Manuel.

20 de abr de 2013

SOLDADOS, NÚCLEO 7 E BANDO




Nesta última sexta a cena "Soldados", de Rodrigo Ribeiro e Murilo Andrade, participou do primeiro CENATA, Festival de Cenas Curtas de Araçatuba. Infelizmente não temos fotos da apresentação em si, porque eu estava operando a luz, a Giovanna Hernandes estava operando o som e ninguém ficou com a câmera.



Amanhã, dia 21, às 15h30min, estaremos no Parque Municipal Joaquim Amaral de Barros no Jardim Paraíso participando do primeiro "Domingo no Parque" de 2013, organizado pela Secretaria do Meio Ambiente de Botucatu. Será a primeira apresentação do Núcleo 7, núcleo de montagem que vem estudando o uso da máscara em cena.


Na terça, dia 23, o Bando Musical Notívagos Burlescos estará em Bauru para a gravação do programa Som e Prosa da TV UNESP. Assim que estiver no ar divulgaremos o link. Na quinta, dia 25, o som vai rolar no Botequim do seu Varte, só pra variar.


E na próxima semana, se tudo der certo, divulgaremos a data de lançamento do livro "Ana Rosa, Mirabelli e Fidelis".

30 de jan de 2013

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA OFICINAS DO PRIMEIRO SEMESTRE




O Ponto de Cultura Espaço dos Notívagos abre inscrições para as oficinas do primeiro semestre de 2013. As atividades contam com o apoio da Prefeitura Municipal de Botucatu e do Ministério da Cultura através do programa Cultura Viva.


OFICINA DE INICIAÇÃO TEATRAL
Oficina de introdução à linguagem teatral que busca desenvolver a criatividade e a intuição dos participantes no jogo cênico, liberando o gesto, a fala e a expressividade do corpo como emissor e receptor de mensagens.
Coordenador: Vinícius Gil e Ana Martines.
Quartas, das 19h às 22h.
Início: 06 de março.

OFICINA DE INTERPRETAÇÃO
Uma introdução às técnicas de interpretação, leitura e interpretação do texto dramático para a criação de personagens. É necessário ter alguma experiência teatral prévia ou ter participado da Oficina de Iniciação Teatral anteriormente.
Coordenador: Gustavo Faria.
Quintas, das 19h às 22h.
Início: 07 de março.

OFICINA ATOR E O TREINAMENTO
Partindo do princípio que o instrumento do ator é seu próprio corpo, a oficina pretende abordar o que é (ou o que pode vir a ser) seu treinamento pré-expressivo, no que concerne o despertar da consciência corporal somado ao desenvolvimento das habilidades de prontidão, disponibilidade, concentração e das noções rítmicas e espaciais.
Coordenadora: Mimi Tortorella.
Segundas, das 14h30min às 17h30min.
Início: 04 de março.

NÚCLEO DE IMPROVISO
Exercício de criação e encenação através de técnicas de improviso e desenvolvimento de cenas e sketches. É necessário ter alguma experiência teatral prévia ou ter participado da Oficina de Iniciação Teatral anteriormente.
Coordenador: Erick de Barros.
Terças, das 19h às 22h.
Início: 05 de março.

NÚCLEO DE MONTAGEM
Através do processo didático os participantes poderão vivenciar a montagem de um espetáculo teatral, desde É necessário ter experiência teatral prévia ou ter participado da Oficina de Interpretação anteriormente.
Coordenadores: Flávia Hiroki e Robert Coelho
Segundas e sextas, das 19h às 22h.
Início: 04 de março

NÚCLEO DE VÍDEO
Núcleo de estudo da linguagem audiovisual e de técnicas de criação de roteiro. As atividades incluem a criação de curtas e experimentações do uso do audiovisual com a linguagem cênica.
Coordenador: Mariano Pikman.
Quintas, das 19h às 22h.
Início: 07 de março.

NÚCLEO DE TRILHA SONORA E SONOPLASTIA
Núcleo de estudo e criação de trilha sonora e sonoplastia para espetáculos teatrais e audiovisual. Durante os encontros os participantes conhecerão fundamentos da produção e execução de músicas, efeitos e ambiências sonoras.
Coordenador: Henrique Rabadan.
Quinzenalmente, as Terças, das 15h às 18h.
Início: 05 de março.

NÚCLEO DE PRÁTICA MUSICAL
Núcleo de estudo e pesquisa indicado para músicos e cantores interessados em colocar em prática idéias e habilidades técnicas musicais em conjunto. As atividades do grupo incluem práticas de criação e improvisação musicais e a execução de trilhas sonoras para teatro e vídeo.
Coordenador: Henrique Rabadan.
Quinzenalmente, as Terças, das 19h às 22h.
Início: 05 de março.


- Todas as oficinas e núcleos possuem carga horária de 48 horas e serão realizadas entre os meses de agosto e novembro.

- As oficinas serão realizadas no novo Espaço dos Notívagos, localizado na Rua Carvalho de Barros, 99. (antiga EMEI do Bairro da Boa Vista, ao lado do Convento Servas do Senhor.).

- A Oficina de Iniciação Teatral, o Núcleo de Trilha Sonora e o Núcleo de Prática Musical são gratuitos e abertos para a comunidade. Para participar das outras atividades (Ator e treinamento, Interpretação, Improviso, Estética Teatral e Vídeo) é necessário ser associado e contribuir com uma mensalidade de 20 Reais, independente do número de atividades que participe.

- Para participar da Oficina de Interpretação e do Núcleo de Improviso é necessário ter experiência teatral prévia. Entende-se como experiência teatral prévia a vivência da prática teatral tendo como resultado apresentação de espetáculo.

- Para participar das atividades é necessária a idade mínima de 14 anos.

- A ficha de inscrição deve ser solicitada pelo e-mail notivagosburlescos@yahoo.com.br, preenchida e enviada para o mesmo e-mail.

- As inscrições se encerram no dia primeiro de março.

24 de jan de 2013

CINECLUBE E CURTA




Nesta sexta o Cineclube Notívagos Burlescos inicia suas atividades com o primeira exibição da Mostra Tarantino. Essa mostra de "inauguração" já estava planejada desde do momento em que soube que teríamos um projetor e consequentemente um cineclube. Só não aconteceu antes por falta de tempo e logística. Aproveitando que as oficinas só retomam em março a mostra ocupa nossas sextas até lá. Depois disso as exibições é bem provável que as exibições não sejam semanais, mas devem continuar ocorrendo.

E por falar em cinema, exibições e audiovisual: Nesta semana foram retomadas as gravações do curta "Para Safo" do nosso Núcleo de Audiovisual. Como no próximo domingo os últimos takes devem ser gravados, a edição não deve demorar pra começar e em breve teremos uma  data de lançamento.


Equipe no set de "Para Safo" - Foto de Felipe Mendes

18 de jan de 2013

WORKSHOPS DE JANEIRO DO PONTO DE CULTURA ESPAÇO DOS NOTÍVAGOS





A comicidade no trabalho do ator com Fernando Vasques
Dias 21, 22 e 23 de janeiro, das 19hs às 22hs.

A oficina visa proporcionar um treinamento que viabilize a dilatação energética e a permissividade ao estado do ridículo dos participantes. E por meio de estudos de movimentos, exercícios técnicos de escuta, observação, atenção, improvisações e espaços de criação individual e coletiva, identificar as potencialidades cômicas no corpo dos atores.
Material: roupa de trabalho.
Número de vagas: 15


Introdução a Comédia Dell´arte com Sheyla Coelho
Dias 28, 29, 30 e 31 de janeiro.

A primeira parte dos encontros será dedicada ao aquecimento e preparação do corpo para o trabalho com as máscaras, focando no alongamento, linhas e a espacialidade. Na segunda parte das aulas será trabalhada a máscara neutra, os animais e por fim algumas máscaras da comédia Dell'Arte como as máscara de Pantaleão, Arlequim, Capitão e Polichinelo.
Todos participantes deverão levar uma meia-calça preta fio de 40 a 80 que não seja transparente (Não pode estar rasgada!).
Número de vagas e horários:
De quinze a vinte participantes. Caso o número de participantes seja inferior a 15, serão três horas diárias de trabalho com início às 19 horas. Caso o número de participantes seja superior a 15, serão quatro horas diárias de trabalho com início às 18 horas.


ATENÇÃO:
Somente poderão participar dos workshops associados que estejam com suas mensalidades em dia.
Caso haja vagas sobrando, não associados poderão participar mediante ao pagamento de taxa de 30 Reais por workshop.
As inscrições para os workshops deverão ser feitas pelo e-mail notivagosburlescos@yahoo.com.br Comentários, mensagens no Facebook, no blog ou por telefone não serão aceitas.